Entrevista traduzida da Kristen para a W Magazine.

 

Fotos, Vídeos, Entrevistas, Backstage… É sempre uma loucura a cada capa que a Kristen faz. E nós do KS SUBLIME  já estamos com a entrevista traduzida para vocês, confira!

Mulher no Limite
Kristen Stewart de Twilight fala sobre crescer, se casar e ter um filho – ao olhar de milhões.Lynn Hirschberg: Todos te conhecem como Bella Swan, a heroina da série Twilight, cuja penúltima parte, ‘Amanhecer I’ estréia em 18 de Novembro. O que o público talvez não saiba é que você atua desde que era criança. Como você começou?
Kristen Stewart: É estranho, porque eu seria a última pessoa na minha escola a estar em peças, mas eu fui forçada a cantar uma música em uma coisa de escola. Eu cantei uma canção ‘dreidl’ (canção judaica), o que é engraçado pra mim. Eu nunca celebrei Hanukkah—isto não estava em minha educação, mas era algo do tipo onde todos tem que escolher uma música ou participar de alguma forma no refrão. Não era a típica canção dreidl; eu não consigo lembrar as palavras, mas era uma canção mais séria. Ela era enorme, foi realmente honrado. E foi como eu conheci meu agente, que estava no público. Eu tinha 8 anos. Eu tinha 9 quando fiz o primeiro filme ,’The Safety of Objects’.

Você fez algum comercial ou você foi direto nos filmes?

Eu fiz dois comerciais, uma para a Porsche, mas definitivamente eu não era o tipo de criança que seria escalada para um comercial ou qualquer coisa de TV que você procura quando criança. Eu não era o tipo de criança que estaria nessas coisas que crianças assistem. Eu não era fofinha.

Em 1990 David Fincher te escalou como a filha da Jodie Foster em ‘O Quarto do Pânico’. Ele gosta de fazer dúzias de takes para cada cena. Foi difícil, como uma criança?
Eu não percebi que 80 takes não era normal. Mas foi engraçado: alguns dos meus momentos de maior orgulho em sets são de ‘O Quarto do Pânico’. Minha personagem tinha convulsões. Ser apta a dizer, que eu tinha 10 anos de idade e que quebrei toda as veias sanguineas no meu olho em um take, é legal. Foi divertido.Você tinha uma qualidade moleca, o que não era normal. Eu tenho irmãos, e aquela tal-chamada qualidade moleca era algo que eu era mortalmente auto-consciente quando era mais nova. Eu era tipo ‘Não era sou uma garota.” Na verdade ainda tenho vergonha de falar isto. Mas isto te separa das outras jovens atrizes. E te fez mais interessante. Eu não sei o que dizer. Eu apenas sabia que queria trabalhar. E eu fiz. Eu estava trabalhando quando li o roteiro de ‘Crepúsculo’. Eu li o roteiro antes de ler o livro. Na verdade eu fiz o teste antes de ler o livro, o que foi meio louco. Óbvio, eu devorei todos os quatro livros ao longo dos três anos, mas inicialmente eu não sabia de ‘Crepúsculo’ era algo tão grande.

Você tem um interesse particular em vampiros? Todas as garotas novas gostam de vampiros.
Eu me amo como vampira (risos). Eu tinha 17 anos quando li ‘Crepúsculo’, e na época foi perfeito para mim. O roteiro era sobre jovens que acham que podem aguentar coisas que eles não podem. E eles fazem isto de qualquer forma. Porque, porque não? Apenas se torturar. Vampiros são um pouco perigosos – e nós garotas gostamos de nos testar.

Em ‘Amanhecer’, Bella e Edward, seu amor vampiro, se casam. Como foi o casamento?

Maravilhoso.Este foi meu primeiro casamento. E foi insano. E estranho. A experiência do vestido de noiva foi algo imenso. Eu provei uma versão do vestido,
e era como ajustar e ajustar e alterar e ajustar e mudar, e então estava pronto. Um vestido f***. Maravilhoso.

Como foi o casamento em si?
Foi otimo. O último livro da série estava cheio de coisas f**** , coisas que as pessoas tem esperado por tanto tempo. Para mim, foi ridiculamente dramático: eu casei, dei a luz, o bebê tem um crescimento inacreditável com qual estamos muito preocupados e eu digo adeus ao meu pai pela última vez. Foi tudo muito grande – eu não podia deixar, when, eu estou perdendo esta personagem.

Você finalmente disse adeus a Bella de alguma forma significativa? Você tem vivido com ela por tanto tempo.

Eu tenho antecipado o momento final da Bella. Estava como ‘Oh meu Deus’ – eu me perguntei como iria me sentir. E a última cena da filmagem foi o casamento. Cada um dos personagens estavam no set. E no final do dia, eu estava meio que esgotada. E então eu nunca tive aquele momento. Ao invés disso, ele aconteceu depois. Nós tivemos que filmar mais algumas cenas da lua-de-mel e fomos para as Ilhas Virgens. Depos daquela cena, minha cena final de verdade, eu sentia como se eu pudesse filmar sob o céu estrelado e cada poro do meu corpo iria dispara luz. Eu me sentia mais brilhante do que já me senti antes em minha vida.

Twilight foi sua escola, e você se formou, de alguma forma: você se tornou Bella Swan aos 17 e agora você tem 21.
Yeah—e este momento tem sido meio que enlouquecedor pra mim. Em filmes, eu tenho registrado cada etapa da minha vida desde que tenho 9 anos. E isto é mais intenso agora, óbvio, porque eu não estou mais no controle.

Você não está no comando da sua vida?
Não. Não na verdade. Não se eu quiser pensar exclusivamente no que realmente gosto de fazer. É algo engraçado: você quer tanto que as pessoas vejam o que você faz – você está orgulhosos disso – e eu gosto do efeito que os filmes tem nas pessoas. Mas a atenção também pode me fazer desconfortável. Em certas ocasiões, as pessoas me dizem: “Vamos lá, o que há de errado com você?”, Eu peço desculpas. Eu amo o que estou fazendo, mas sou um pouco desconfortável.

Você gosta de se assistir?
Não é como se eu me sentasse e assistisse meus filmes várias vezes, mas eu meio que nunca acreditei quando atores dizem que eles não se assistem. Eu os ouço se desculpando pelo o que eles não assistem. É besteira. Desculpe caras – eu sei que vocês assistem suas coisas.

Deve ser interessante ver você mais jovem nos filmes. Pouquíssimas pessoas tem um arquivo visual extenso de si mesmo em tantas idades.
Eu fico envergonhada. É estranho também: eu tenho 10 anos em ‘O Quarto do Pânico’ e está é uma versão de mim que está muito longe, mas não parece tão distante para mim. Ocasionalmente meu pai vai ligar a TV, e é legal ver algum filme que eu estou por um segundo. E daí, “Meu, desliga. Agora. Tipo, corta fora.”

Fonte | Tradução: Jasmine – Equipe Kristen Stewart Sublime.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: